As orientações sobre a produção de pastagem para a alimentação de vacas leiteiras e o bem-estar animal foram destaques no 2º Seminário Regional de Bovinocultura de Leite do Vale do Rio Pardo. Mato Leitão acompanhou o evento com o secretário da Agricultura João Carlos Machry, técnico da Emater Rudinei Pinheiro Medeiros, médico veterinário Jone Daniel Bohn e o produtor Décio Leissmann.

Comitiva de Mato Leitão
Comitiva de Mato Leitão

O encontro ocorreu no dia 4 de julho na sede do Esporte Clube Avenida, em Santa Cruz do Sul. O público, cerca de 240 pessoas, acompanharam relatos de famílias que investiram na produção de pastagem como forma de reduzir os custos de produção, garantir a nutrição dos animais e reduzir a dependência dos agricultores de insumos externos à propriedade rural, caso da ração, por exemplo.

O seminário teve ainda como assuntos sucessão rural, experiência de gestão sustentável e mercado do leite. O encontro foi promovido pela Emater/RS-Ascar, com patrocínio do Sicredi, Languiru, Cotriel, Afubra e Sindilat e o apoio do Arranjo Produtivo Local (APL) de Agroindústria e Alimentos dos Vale do Rio Pardo.