Na última semana, a Prefeitura realizou a quinta entrega dos kits de alimentação, que seriam destinados à merenda escolar, se as aulas estivessem acontecendo. A ação, que teve início em abril, ocorre mensalmente e deve continuar até as aulas voltarem ao normal, o que ainda não tem data prevista.

Segundo o levantamento do Município, em média, são beneficiadas 90 famílias por mês, distribuídas por todas localidades, tanto da área central como da área rural. Conforme a secretária de Educação, Cultura e Desporto, Júlia Grasiela Theisen, a maioria das famílias foi indicada pelas escolas. “Cada escola mandou uma lista com nomes de famílias que poderiam precisar, fizemos contatos com todas e grande parte pediu o auxílio”, disse.

Em junho foram implementos ao kit alimentos da agricultura familiar, que também estariam disponíveis na merenda escolar. “Foi importante para ajudar os agricultores que tinham plantado e as famílias que recebem”, explica Júlia. Os kits de alimentos contam com pepino, aipim, laranja, beterraba, alface, rúcula, repolho, arroz, feijão, açúcar, leite, ovos, massa, farinha, achocolatado e sal, entre outros. “Tentamos sempre colocar frutas e saladas da época e também alimentos necessários como arroz, feijão e massa. É um kit muito bom para quem ganha”, salienta a secretária