Vacinação contra a COVID-19 em Mato Leitão

LOCAL DA VACINAÇÃO: Unidade Básica de Saúde do Centro, localizado na Rua Leopoldo Aloísius Hinterholz, n° 250, Bairro Centro.

HORÁRIO DA VACINAÇÃO: Segunda a sexta-feira, das 8h às 11h15min e das 12h30min às 16h15min.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: para receber a vacina contra a COVID-19, o cidadão deve portar o seu cartão SUS, o CPF e a carteira de vacinação.

A vacinação contra o novo coronavírus está em andamento no nosso Município. Nesta página, você encontra as informações necessárias sobre o processo de vacinação.

Fique atento e espere a sua vez de ser vacinado. A medida que a vacinação avança, as informações serão divulgadas e os cidadãos podem entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde para realizar o agendamento da aplicação da sua vacina.

Para informações sobre a vacinação contra a Covid-19 entre em contato pelos telefones (51) 3784-1031 ou (51) 3784-1261.

Denúncias sobre a vacinação podem ser enviadas para o e-mail contato@matoleitao-rs.com.br ou através do Ouvidoria no site do Município.

ANDAMENTO DA VACINAÇÃO

As informações referente as doses recebidas pelo Município, as doses aplicadas (primeira dose, segunda dose e dose única), população geral, percentual de cidadãos vacinados, grupos vacináveis, faixa etária, entre outras, podem ser acessadas através do link abaixo, onde são atualizadas diariamente pelo Município.

Este painel foi criado para apresentar os principais dados epidemiológicos da COVID-19 no estado do Rio Grande do Sul. Os sistemas são utilizados pelos serviços de saúde públicos e privados e pelas secretarias municipais de saúde para realização das notificações e monitoramento dos casos (sintomas, exames realizados, resultados, evolução, entre outros).

Para visualizar os dados referente o Município de Mato Leitão, ao acessar o link, busque pelo índice “Municípios”, descreva no campo Pesquisar o nome de Mato Leitão e selecione o botão “Detalhes”. As informações atualizadas sobre o andamento da vacinação no Município serão exibidas no site.

Acessar o link abaixo:
ACOMPANHAMENTO VACINAL – Monitoramento da Imunização Covid-19


Monitoramento da Imunização Covid-19


CARACTERÍSTICAS DAS VACINAS CONTRA A COVID-19:
Características das vacinas em uso no Brasil, de acordo com informações descritas nas bulas disponíveis no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

CoronaVac (Instituto Butantan)
Para conferir a bula original, BULA ANVISA CORONAVCX.
SEGURANÇA, EFICÁCIA
E BENEFÍCIOS
POSSÍVEIS RISCOSINDICAÇÃO
Os estudos sobre a eficácia da  vacina demonstraram resultados  superiores a 92% nos participantes que tomaram as duas doses da  vacina no intervalo de 14 dias e mais do que 97% em participantes que  tomaram as duas doses da  vacina no intervalo de 28 dias.Reação muito comum: dor no  local da aplicação.
Reação comum: cansaço, febre, dor no corpo, diarreia,  náusea, dor de cabeça.
Reação incomum: vômitos,  dor abdominal, distensão  abdominal, tonturas, tosse,  perda de apetite, reação  alérgica, pressão arterial  elevada, hipersensibilidade  alérgica ou imediata. Apresentar no local da aplicação coloração anormal,  inchaço, coceira, vermelhidão, diminuição da sensibilidade e  endurecimento.
Pessoas com idade maior ou igual a 18 anos.

 

Oxford/Astrazeneca (Fiocruz)
Para conferir a bula original, BULA OXFORD.

SEGURANÇA, EFICÁCIA E BENEFÍCIOSPOSSÍVEIS RISCOSINDICAÇÃO
Os estudos sobre a eficácia da vacina Covid-19 (recombinante) demonstraram resultados maior ou igual a 98% dos indivíduos em 28 dias após a primeira dose e maior de 99% em 28 dias após a segunda dose.Reação muito comum: sensibilidade, dor, sensação  de calor, coceira ou  hematomas no local da  aplicação e sensação de  indisposição de forma geral,  fadiga, calafrio ou sensação  febril, dor de cabeça, náusea,  dor nas articulações e dor  muscular.
Reação comum: inchaço,  vermelhidão ou um caroço no  local da aplicação e febre,  enjoos, diarreia, sintomas  semelhantes aos de um  resfriado como febre acima de  38 °C, dor de garganta, coriza, tosse e calafrios.
Reação incomum: sonolência ou sensação de tontura, diminuição do apetite, dor abdominal,  linfonodos (ínguas) aumentados, sudorese excessiva, coceira na pele ou erupção na pele.
Reação muito rara: coágulos  sanguíneos importantes em  combinação com níveis baixos de plaquetas no sangue (trombocitopenia) foram observados com uma frequência inferior a 1 em 100.000 indivíduos vacinados.
Reação desconhecida:  alergia grave (anafilaxia),  inchaços graves nos lábios,  face, boca e garganta.
Pessoas com idade maior ou  igual a 18 anos.

 

Pfizer/Wyeth
Para conferir a bula original, BULA ANVISA PFIZER

SEGURANÇA, EFICÁCIA E BENEFÍCIOSPOSSÍVEIS RISCOSINDICAÇÃO
A eficácia vacinal geral foi de  95% (90,0%–97,9%), tendo  sido semelhante nas diferentes faixas etárias. Analisando dados desses estudos, a eficácia após duas semanas da primeira dose e antes da segunda dose foi de  92,6% (69,0%-98,3%).Reação muito comum: dor e  inchaço no local de aplicação,  cansaço, dor de cabeça, diarréia, dor muscular, dor nas  articulações, calafrios e febre.
Reação comum: vermelhidão no local de aplicação, náusea e vômito.                              Reação incomum: aumento  dos gânglios linfáticos (ou  ínguas), reações de  hipersensibilidade, por  exemplo, erupção cutânea,  coceira, urticária, inchaço das  partes mais profundas da pele  ou da mucosa, diminuição de  apetite, dor nos membros,  insônia, cansaço e lentidão de  reações e reflexos, suor  excessivo, suor noturno,  fraqueza, cansaço físico  intenso, sensação de mal estar e prurido no local de injeção. Reação rara: paralisia facial  aguda.                              Reação desconhecida: alergia grave (anafilaxia)
Pessoas com idade maior ou igual a 18 anos.

 

Janssen (Johnson&Johnson)
Para conferir a bula original, BULA JANSSEN.

SEGURANÇA, EFICÁCIA E BENEFÍCIOSPOSSÍVEIS RISCOSINDICAÇÃO
 A eficácia vacinal de todos os  indivíduos após 14 dias da  vacinação foi de 66,9%  (59,03% – 73,40%)Reação muito comum: dor de cabeça, náusea, dores  musculares, dor no local da  injeção e sensação de muito  cansaço. Reação comum: vermelhidão  no local da injeção, inchaço no local da injeção, arrepios, dor nas articulações, tosse e febre.
Reação incomum: irritação na pele, fraqueza muscular, dor no braço ou perna, sensação de fraqueza, sensação de indisposição geral, espirros, dor de garganta, dor nas costas,  tremor e suor excessivo. Reação rara: reação alérgica e urticária. Reação desconhecida: alergia grave.
Pessoas com idade maior ou  igual a 18 anos.

 

SOBRA DE DOSES: A vacinação em Mato Leitão acontece somente na Unidade Básica de Saúde do Centro com o objetivo de otimização de doses e qualificação da equipe vacinadora. Como a aplicação das vacinas acontece por agendamento, dificilmente sobram doses no final do dia. Mas, quando isso acontece, as Agentes de Saúde entram em contato com os munícipes da sua microárea, que se enquadram no grupo que está sendo vacinado e solicitam que os mesmos se dirijam à Unidade Básica de Saúde para aproveitamento das doses.

PLANO MUNICIPAL DE VACINAÇÃO: clique no arquivo a seguir para acessar o Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19.

PLANO MUNICIPAL DE VACINAÇÃO